ARTISTA DO MÊS DE MARÇO – BORDALO II

TEXTO SITE OFICIAL *

Eu nasci em Lisboa, 1987. Eu pertenço a uma geração extremamente consumista, materialista e gananciosa. Com a produção das coisas em seu nível mais alto, a produção de “resíduos” e objetos não utilizados também é mais alta. “Waste” é citado por causa de sua definição abstrata: “o lixo de um homem é o tesouro de outro homem”. Eu crio, recrio, reúno e desenvolvo idéias com material em fim de vida e procuro relacioná-lo à sustentabilidade, consciência ecológica e social.

download.jpg

 

SITE OFICIAL DO ARTISTA E INSTAGRAM:

BORDALO II

https://www.instagram.com/b0rdalo_ii/

tmb4tmb1

Escola também é lugar de aprender a se alimentar melhor

A Polyane aprendeu muitas coisas importantes sobre alimentação saudável e decidiu compartilhar com a gente. Ela está no caminho certo para crescer forte e saudável. E você educador, já parou para pensar: ” Que nós somos o que nós comemos!”.

Compartilhe esse vídeo com os estudantes e conversem sobre esse assunto. Afinal,  existem muitas realidades diferentes em torno do prato que se come…  Pense nisso!

 

AGENDA 2030 PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL – Leve essa ideia para sua escola!

Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU

Transformando Nosso Mundo: A Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável

MATERIAL COMPLETO:  https://nacoesunidas.org/pos2015/agenda2030/ 

Este ano começarei as aulas apresentando esse importantíssimo projeto/agenda de vida para os estudantes do colégio onde trabalho. Faremos cartazes informativos com as ideias que surgirem após uma calorosa roda de conversa (ás vezes temas assim geram debates, ótimo!).  A partir  das suas experiências de vida, de acordo com cada tópico abaixo (dos objetivos globais) sitado, indagarei:

O que é pobreza (patamar mundial) para você, como você pode expressar isso artisticamente e de forma consciente?

Colocada a problemática mãos a massa!

Acesse os objetivos globais clicando sobre cada um deles:

 

Acesse o documento final da agenda pós-2015 ao lado ou acesse no formato PDF em português (clique aqui) e em inglês (clique aqui).

 

Luz e consciência para 2018

Por Gabriela Diaz

As diversas formas de vida tentam adaptar-se em qualquer circunstância, mesmo quando a morte de um, vira a essência da vida para o outro. Gosto da frase de Lavoisier: “na vida nada se perde, tudo se transforma”. A vida por si só é pura energia, pois a vida, é vibração. A matéria é só a forma de manifestação que a vida  escolheu para penetrar, dando forma física através das reações químicas! Somos química pura. Somos um corpo físico, matematicamente calculado para gerar vibrações das mais diferentes essências…. E isso é libertador! Isso é a representação da diversidade que somos, e que vivemos.

Saber que somos apenas um campo energético (um grão de areia) pairando nesse minúsculo planeta 🌍  é o mais belo suspiro de paz interior. A Terra é só um ponto de luz nesse infinito universo. E é exatamente isso que somos também “um ponto de luz”. Do macro ao micro, do micro ao macro somos todos a mesma matéria da criação. Porém o livre arbítrio é a nossa psique, assim, nossa mente é o universo único e infinito!  E ela, nossa mente, é a maior fonte de desequilíbrio do planeta. Pois saber lidar com as possibilidades infinitas que ela nos proporciona se tornou o maior medo da humanidade.

Pacha-Mama

E a chave 🔑 está dentro de você. O medo é a manifestação energética que vibra em maior escala em nossas mentes… não no planeta Terra, Gaia é equilíbrio, Pachamama é Amor. 🌍 Mas como somos extensão desse bloco rochoso, dela vinhemos, nós precisamos entrar em conexão com a Terra.

A matemática cósmica não entra em equilíbrio, mas sim sua mente,  mas de fato essa matemática  está dentro de nós, e a ordem da vida.  Você precisa aprender como encontrá-la (meditando). Afinal, só você saberá qual é a sua jornada aqui (plano terrestre) para despertar a sua luz (consciência planetária), quebrar as barreiras da mente (psique), ir além do ego e da percepção material das coisas, o reconhecer da alma.

Porém Gaia está doente, sendo assim, pela  lei da física, química e biológica  estamos todos doentes… Destruindo a nossa própria existência  através dos labirintos mentais egoicos.  Criamos ao longo da nossa evolução um modelo patriarcal, dominante e competitivo. Deixando de lado os valores: altruístas, cooperativos e espirituais.

Em um mundo doente, estranho alguém da humanidade achar-se sano! O planeta encontra-se enfraquecido, com a abundância de medo que geramos em nossas mentes. Essa reação química metal (sentimento de medo) emite ondas eletromagnéticas que vão se conectando em massa (inconsciente coletivo ( Jung)) assim perpetuando a milênios em nossa humanidade. E como transformar esse medo em amor ? Somos seres únicos e individuais, porém conectados a uma grande teia da vida ( Capra), encontrando a raiz de nossos medos através do estado meditativo,  devemos observá-las, para podermos entende-las e assim deixá-las irem, dissolvendo individualmente cada medo existente em nossas mentes, para assim mudar a vibração de nosso inconsciente coletivo. Pois só o estado de amor transcendental (sem apegos e ego) pode curar o planeta.  Uma evolução espiritual de amor  é o caminho para o equilíbrio, uma mente meditativa conecta-se ao universo e liberta- se das correntes do medo.

Nossa mente (humana) é uma partícula de energia que acaba gerando o desequilíbrio da consciência da vida. Somos os seres responsáveis por isso… E essa dor pela qual nós passamos, a Terra também passa, e da mesma forma que isso irá fortalecer sua busca pela cura, e irá mudar o rumo da humanidade!

Chegou a hora que a Terra irá buscar sua sanidade, como muito de nós estamos buscando… E quem estiver junto da Terra poderá agarrar um galho da vida, pois a GUERRA que esperamos NÃO SERÁ DE ARMAS PARA “TODOS”, A GUERRA DA HUMANIDADE encontrará nós próximos anos…  Será

Psicológica!

Que a busca pela sanidade mental seja a sua jornada espiritual nos próximos anos.

E que nós enquanto “ aprendizes” escutemos a voz da consciência universal, a voz gerada pelo coração  é o nosso única caminho para a tentativa de cura!

Gaia está doente e o antídoto ela sabe bem qual é. E se for preciso ela o usará . Se não aprendermos por amor, será pela dor…

As mudanças já começaram e sua tentativa de socorro  É O GRITO DA NATUREZA!

Decoração Sustentável – Festa Junina


Ideias para ajudar a decorar a festa e ser consciente!

 

 As Festas Juninas são celebradas ao longo do mês de junho. Sua origem foram as festas pagãs, com fogueiras e queimas de fogos para afugentar os maus espíritos. Elas começaram nos campos e plantações originando os trajes típicos de caipiras e sinhazinhas, com casamento de roça, discurso do padrinho, as capelinhas decoradas etc.

Com o passar do tempo, as festividades foram tomando um cunho religioso. Pela tradição, a festa junina consiste em celebrar os bons resultados da colheita e também, pedir que o próximo plantio traga bons frutos. São João é o santo protetor das colheitas e se faz comemorar com seus seguidores: Santo Antonio e São Pedro (assim, 24, 13, 29 de junho).

(fonte: http://www.smartkids.com.br/trabalho/festa-junina)

Decoração 

Aqui estão algumas sugestões para enfeitar sua escola, empresa ou casa com materiais que já iriam para o lixo.

Mas você , ser humano consciente… deu vida, cor e magia para eles:

Materiais:

  • revistas velhas
  • jornais velhos
  • barbate
  • retalhos de papel
  • catálogos de livros
  • troncos secos
  • fitas de cetim (ano anterior)
  • cola branca
  • papelão
  • cabo de vassoura
  • caixa de ovo
  • caixa de sucos
  • retalhos de papel

Use sua criatividade e consciência !

Este slideshow necessita de JavaScript.


 

22 de março – DIA DA ÁGUA

Diante da importância da água para a nossa sobrevivência e da necessidade urgente de manter esse recurso disponível, surgiu o Dia Mundial da Água. Essa data, comemorada no dia 22 de março, foi criada em 1992 pela Organização das Nações Unidas (ONU) e visa à ampliação da discussão sobre esse tema tão importante.

 

O Dia Mundial da Água foi criado pela Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas através da resolução A/RES/47/193 de 21 de Fevereiro de 1993, declarando todo o dia 22 de Março de cada ano como sendo o Dia Mundial das Águas (DMA), para ser observado a partir de 1993, de acordo com as recomendações da Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento contidas no capítulo 18 (Recursos hídricos) da Agenda 21.

Nesse período vários Estados foram convidados, como se fosse mais apropriado no contexto nacional, a realizar no Dia, atividades concretas que promovam a conscientização pública através de publicações e difusão de documentários e a organização de conferências, mesas redondas, seminários e exposições relacionadas à conservação e desenvolvimento dos recursos hídricos e/ou a implementação das recomendações proposta pela Agenda 21.

Objetivo

Conscientizar e estimular a criatividade dos pequenos

Atividade em sala 

Elaborar um grande painel coletivo para expor na escolaDurante o processo artístico, aproveite para falar sobre a importância da água. Passe vídeos educativos, faça os alunos refletirem sobre  a preservação da natureza, sem ela não há água.

Material:

  • caixas de papelão- montar um painel com elas;
  • tintas com diferentes tons de azul – usar branco e preto para forma novas nuances;
  • pincéis, rolinhos;
  • barbante ;
  • retalho de papéis.

Use sua criatividade e mão na massa!

Se não deu para fazer nesse ano, guarde a ideia para o ano que vem!

Vídeo educativo!

 

Arte Naif

Arte naïf. O termo naif – ingênuo – presume a existência, por contraste, de uma forma de arte acadêmica, “não-ingênua”, “consciente”, de executar uma obra artística que os artistas desta corrente não seguem.

Arte Naïf começou a afirmar-se como uma corrente que aborda os contextos artísticos de modo espontâneo e com plena liberdade estética e de expressão e os seus seguidores definem-na hoje como “a arte livre de convenções”.

Objetivo

  • Compreender o conceito de Arte Naif
  • Trabalhar a socialização através da criação de uma obra coletiva
  • estimular a criatividade do grupo

Material

  • papelão (suporte)
  • diversas tintas
  • retalhos de tecidos
  • papéis usados de presente
  • jornal
  • furador \ pincéis

Processo

Conversa, vídeo educativo, criação artística (coletiva\ individual) , apresentação e fechamento com exposição exposição.

Este slideshow necessita de JavaScript.